O artigo pretende, primeiramente, demonstrar como o discurso da internacionalização da Amazônia foi apresentado em determinados momentos, para então se focar na polêmica gerada no período inicial do regime militar brasileiro (1964 – 1985). Para tal será utilizada como fonte a Revista Brasileira de Política Internacional (RBPI) de 1968, que foi uma edição especialmente voltada para o caso da Amazônia e aborda sob diversos ângulos projetos sugeridos para região na época. O projeto a ser focado é o dos Grandes Lagos, que sugeria a formação de uma rede hidroviária na região para facilitar o comércio intra e extrarregional. A partir da análise dos posicionamentos e discussões retratados nos artigos desta edição da RBPI, pretende-se gerar uma reflexão sobre a questão da internacionalização da Amazônia no momento retratado pela Revista.